Resultados da Pesquisa Mundial de micotoxinas BIOMIN - 1º trimestre de 2020

Destaques

É comumente observado que micotoxinas raramente são encontradas sozinhas. Diferentes micotoxinas tendem a co-contaminar materiais de alimentação. Isso também é válido para os dados analisados durante o primeiro trimestre. Um total de 67% de todas as amostras (analisadas para pelo menos duas micotoxinas) no primeiro trimestre de 2020 continham mais de uma micotoxina.

Ásia

A maioria das regiões da Ásia está em risco extremo. O gado da China é exposto a um coquetel de micotoxinas Fusarium. No milho , 100% das amostras apresentaram ocorrência de fumonisinas (FUM), desoxinivalenol (DON) e zearalenona (ZEN). O sul da Ásia apresenta risco extremo, particularmente devido à contaminação por aflatoxinas. Aparece em 80% das amostras (média de positivos 79 ppb).

América Latina

O risco na América Central permanece extremo. FUM e DON são novamente as micotoxinas mais encontradas (84% e 75%). No milho, o FUM está presente em 98% das amostras com uma média de 2426 ppb. Esteja atento às micotoxinas fusarium em DDGS: FUM, DON e ZEN estão presentes em 100% das amostras em alto nível. O milho na América do Sul é altamente contaminado com FUM com uma abundância de 84% e uma média de 2331 ppb. Em grãos de trigo, DON é a principal ameaça com uma contaminação média de 3122 ppb.

América do Norte

Na América do Norte o ano começa também com risco extremo. Novamente, o DON apresenta alta prevalência (82%), seguido por FUM e ZEN (52% e 48%). O milho é fortemente afetado com alta prevalência e médias de contaminação de 2345 ppb (FUM), 767 ppb (DON) e 390 ppb (ZEN).

Europa

O milho no sul da Europa apresenta alta prevalência de FUM com 99%. Além disso, a média é alta: 1568 ppb.Na Europa Central, o risco aumentou para grave: o milho apresenta 82% de abundância de DON e uma média de 903 ppb.

Oriente Médio e África do Norte

Nessa região, a prevalência de DON aumentou para 71% comparando ao primeiro trimestre de 2019. Registrou uma máxima de 3061 ppb.

África

Com um olhar mais atento para a África do Sul, vemos que DON é a micotoxina com maior prevalência. O milho em particular tem alta contaminação por DON: 91% (média: 924 ppb).
 

Subscrever